Sexta-feira, Fevereiro 3 2023

Para quem é da zona do Porto, sabe que é uma data associada ao alho-porro (Allium ampeloprasum).

“No século XIX havia muitos terrenos abandonados à volta do Porto onde o alho porro crescia a eito. Na noite de São João, as pessoas colhiam um alho porro e batiam com ele na cabeça daqueles com quem se cruzavam. Era uma forma de saudação, de cumprimento”, segundo o jornalista e estudioso da cidade do Porto, Germano Silva. Também chamada de alho-bravo ou alho de Verão, esta espécie ancestral do alho-francês e com muitas propriedades medicinais, é polinizada por abelhas e outros insetos.

Mais em https://jb.utad.pt/especie/Allium_ampeloprasum

Anterior

Cinco coisas que as cidades portuguesas estão a fazer pelos polinizadores

Seguinte

Video do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas dirigido aos mais jovens, acerca dos Polinizadores

Veja Também