Quinta-feira, Fevereiro 22 2024

Continuando a série “Descobrir os Polinizadores”, fechámos 2023 com uma das borboletas mais peculiares da fauna portuguesa: A 𝐁𝐨𝐫𝐛𝐨𝐥𝐞𝐭𝐚-𝐞𝐬𝐟𝐢𝐧𝐠𝐞-𝐜𝐨𝐥𝐢𝐛𝐫𝐢 (𝘔𝘢𝘤𝘳𝘰𝘨𝘭𝘰𝘴𝘴𝘶𝘮 𝘴𝘵𝘦𝘭𝘭𝘢𝘵𝘢𝘳𝘶𝘮):

𝐍𝐨𝐦𝐞 𝐩𝐞𝐜𝐮𝐥𝐢𝐚𝐫: O nome comum desta borboleta está relacionado com a forma como se alimenta, em pleno voo e usando a sua probóscide (“língua”) muito comprida para recolher o néctar de flores.

𝐁𝐨𝐫𝐛𝐨𝐥𝐞𝐭𝐚 𝐝𝐢𝐮𝐫𝐧𝐚?: Apesar de pertencer ao grupo das borboletas noturnas, a sua atividade é preferencialmente diurna.

𝗘𝗻𝘃𝗲𝗿𝗴𝗮𝗱𝘂𝗿𝗮: 40 a 50 mm.

𝗛𝗮𝗯𝗶𝘁𝗮𝘁: Ocupa uma grande diversidade de habitats.

𝗗𝗶𝘀𝘁𝗿𝗶𝗯𝘂𝗶çã𝗼: Espécie presente no território português. Passa o verão no norte da Eurásia, ilhas do norte do Japão e na Islândia, passa o verão na Ásia meridional, na Indochina e no Magrebe, e passa o ano todo na Europa, Japão, norte de África e Ásia central.

𝗢𝗯𝘀𝗲𝗿𝘃𝗮çã𝗼: Em Portugal pode ser observada com mais facilidade entre março e setembro.

𝗣𝗼𝗹𝗶𝗻𝗶𝘇𝗮çã𝗼: Ao alimentar-se do néctar de diversas flores (Violas, Língua-de-vaca..) fica com os seus pelos cobertos de pólen.

Fontes e Links de interesse:

  • https://www.wilder.pt/especies/que-especie-e-esta-borboleta-esfinge-colibri/?fbclid=IwAR01r5jxpWdaBsd_8GR5Cguw5R7FjqtmZKh10lHP56cakGe-Mm00he-Bd24
  • https://www.labpaisagem.pt/wp-content/uploads/2022/10/Guia-dos-insetos-polinizadores-de-Guimaraes-Web.pdf?fbclid=IwAR2Akmi8TZY5dBRVoh3nJUZUhqcPs6_kWzh8I15SwkFqezklivnZGx1cqfw
  • https://academia.cienciaviva.pt/recursos/recurso.php?id_recurso=986&fbclid=IwAR2h5Yoq67cM3T7mLD0oPBoBVqV-w83WIWn6EihaXuHxguOpZSoI6Tw5GbQ
Anterior

POLLINATOR ACADEMY

Seguinte

WEBINAR SOBRE POLINIZADORES E INVERTEBRADOS nas zonas de sapal

Veja Também